beforeContent_c1:

Primeiros Passos

Descomplicando o mundo dos investimentos, para melhorar sua educação financeira

O que é IPO de uma empresa e como funciona

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!

Um dos eventos mais acompanhados no mercado financeiro pelos investidores são os IPOs.

Oferta Pública Inicial, conhecida no mercado financeiro pela sigla IPO (de Initial Public Offering) é o nome que se dá para o momento em que as ações de uma empresa são vendidas ao público, em uma bolsa de valores, pela primeira vez.

telefone ações destaque blog piqsels.
Piqsels.com

Resumindo, o IPO marca o lançamento das ações de uma empresa na bolsa, tornando- se uma companhia de capital aberto com papéis negociados no pregão. O dinheiro captado pode ser usados para expandir suas operações, comprar seus concorrentes ou até mesmo pagar suas dívidas.

O Monitor do Mercado vai te contar como funciona e te ajudar a entender quando vale a pena investir em um IPO.

Quais motivos levam uma empresa a abrir seu capital

Para a empresa, o IPO é um processo complexo porque envolve uma mudança na mentalidade dos gestores, que terão que fornecer informações sobre a empresa para o mercado e conviver com novos acionistas, sócios que poderão participar de tomadas de decisões sobre a companhia.

Isso porque vender ações é uma maneira de levantar recursos a longo prazo para a empresa. Para alguém se tornar seu sócio, ele precisa pagar por isso e esse dinheiro pode ser usado para fazer a companhia crescer.

Ao abrir o capital, a empresa também dá a possibilidade de os acionistas originais venderem suas ações a novos investidores do mercado, transformando essa venda de ações em dinheiro na conta.

Além disso, fazer o IPO dá a oportunidade de uma empresa melhorar sua imagem já que terá que ser mais transparente sobre as suas operações e resultados, o que normalmente resulta em duas coisas: ganho de credibilidade e mais projeção e reconhecimento do público.

As etapas de planejamento de um IPO:

  1. Roadshow: reuniões de apresentação realizadas por instituições financeiras que assessoram as operações para o mercado, que tem o objetivo de despertar o interesse de grandes investidores;
  2. Registro: a empresa precisa fazer o registro de companhia aberta junto com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e solicitar listagem para a bolsa brasileira, a B3. As empresas também precisam solicitar autorização para vender suas ações;
  3. Prospecto: este documento apresenta as informações essenciais para o investidor entender a empresa que está abrindo o capital;
  4. Bookbuilding: esse mecanismo considera a quantidade de ações e por qual valor os investidores institucionais indicam que querem comprar para estabelecer o preço a que os papéis da empresa serão lançados.

Vale a pena investir em IPO?

A resposta para a pergunta “Vale a pena investir num IPO?” é semelhante à resposta para perguntas sobre a maioria dos produtos financeiros: Depende.

Antes de decidir investir em uma empresa que vai abrir seu capital ao público, você precisa avaliar qual tipo de investimento quer fazer.

Também é importante avaliar os concorrentes daquela empresa e ver o que ela pretende fazer com o dinheiro que você investir.

Abrir o capital é uma grande decisão para a empresa e pode significar um grande montante de dinheiro disponível para investir em novos projetos, por isso é importante pesquisar quais são as perspectivas de crescimento dessa companhia no futuro.

Acompanhe a análise de diferentes especialistas antes de tomar sua decisão.

Como participar de um IPO?

Se você já decidiu participar de um IPO, tem algumas coisas que você precisa saber.

  1. Você precisa ter conta em uma corretora: pode ser uma corretora independente ou de um banco. Você precisa preencher os documentos para fazer o pedido de reservas de ações. Nesse documento, você vai indicar quanto quer comprar da empresa e o quanto você aceita pagar por ação no leilão;
  2. Analise a empresa que fará o IPO: consulte os sites da CVM, B3 e da sua corretora para conhecer o que a companhia faz. Analise também as suas perspectivas de negócio e converse com o seu assessor de investimentos para correr menos risco de se arrepender;
  3. Pagar: quando o processo do bookbuilding terminar, você vai ser informado sobre o preço final das ações e sobre o número de papéis que você poderá adquirir. Depois disso, é só transferir os recursos para a sua conta, efetuar o pagamento e pronto.

Participar de um IPO pode ser uma grande oportunidade, pois é possível que ocorra supervalorização das ações após elas entrarem no mercado. Isto acontece se o valor final das ações estiver subvalorizado em relação ao que o mercado enxerga como um preço justo, ou pelo potencial de crescimento da empresa.

Nestes casos, as ações sofrem grande valorização logo após a realização do IPO, possibilitando aos detentores destas ações a revenda para a realização de lucro.

Vale reforçar que é preciso muito estudo e análise para encontrar essas oportunidades, porque o mercado é volátil e o preço das novas ações pode demorar a se ajustar. Como não há um histórico de negociações, é um pouco mais difícil de enxergar tendências.

afterContent:
comments:
Widget: 62: