beforeContent_c1:

Primeiros Passos

Descomplicando o mundo dos investimentos, para melhorar sua educação financeira

O que é um COE e como funciona

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!

coe primeiros passos blog

Uma combinação de diferentes produtos de investimento para potencializar ganhos e minimizar perdas. Assim é o Certificado de Operações Estruturadas, conhecido pela sigla COE, que pode proteger o capital investido (como na renda fixa) ao mesmo tempo em que busca retornos mais agressivos, comuns aos investimentos de renda variável.

Nesse post, o Monitor do Mercado te explica o que é o COE e como ele funciona.

O que é o COE?

O Certificado de Operações Estruturadas é um tipo de investimento que pode diversificar a sua carteira e trazer mais rentabilidade para você, além de ter um baixo risco.

Ele tem um propósito parecido com o CDB, LCI e LCA, que já foi explicado neste post aqui. Ou seja, o COE só pode ser emitido por bancos. 

O COE é um investimento "novo" e já ganhou a regulamentação da Comissão de Valores Imobiliários (CVM) em 2015, e está se popularizando agora com a distribuição do ativo pelas corretoras.

Na prática, o Certificado permite que você faça investimentos mais complexos e lucrativos em ativos internacionais, ações, moedas, ETFs, índices e commodities (como ouro, milho, café) sem perder parte do seu capital inicial.

Resumindo: o COE junta diversas características e possibilidades em um mesmo papel, que permite que você invista com boas chances de ganhos e sem o risco de perder todo o seu capital.

Como o COE funciona?

Quando o COE é emitido, o banco cria cenários para o desempenho de um ativo. Assim, a rentabilidade do COE é atrelado sempre a uma cotação, que pode ser o Ibovespa, a variação cambial do dólar, commodities, índices das bolsas estrangeiras ou até mesmo as ações de empresas internacionais.

Os ganhos do investimento são limitados, assim como a perda, então se você fizer a aplicação hoje, já é possível ter uma boa ideia do quanto de dinheiro você terá no final do investimento.

Por exemplo: se você investiu em um COE indexado ao dólar com limite de rentabilidade de 20% e no vencimento do contrato a moeda subiu 30%, você recebe todo o seu investimento inicial + 20% de rentabilidade conforme o combinado. Agora, se a moeda tivesse uma cotação negativa de 15%, você iria receber só o que investiu.

Quais são as modalidades do COE?

O Certificado de Operações Estruturadas tem duas modalidades:

Valor Nominal Protegido, que garante o valor principal investido. Essa modalidade é a mais indicada para investidores que não querem arriscar o capital.

Valor Nominal em Risco, que tem a possibilidade de perda até o limite do capital investido.

A maioria dos COEs são emissões de Valor Nominal Protegido, que garantem a integralidade do seu dinheiro mesmo em cenários de desempenho negativo.

 

*Imagem em destaque: Piqsels.com

afterContent:
comments:
Widget: 62: