beforeContent_c1:
Widget: 37:

CÂMBIO: Dólar fecha em R$ 5,2580, influenciado por fala de Campos Neto

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!


São Paulo, 14 de setembro de 2021 - O dólar comercial fechou em R$
5,2580, com alta de 0,67%. A moeda-norte americana foi impactada principalmente
pelo discurso do presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, alegando
que a taxa básica de juros irá subir até onde for necessário, porém sem
sobressaltos a cada indicador divulgado.

De acordo com o economista da Guide Investimentos, Alejandro Ortiz, "a fala
de Campos Neto praticamente cravando um aumento de 100pp na Selic (taxa básica
de juros) surpreendeu o mercado, já que as expectativas giravam entre 125 e
150 pontos".

Ortiz destaca, ainda, que com este aumento abaixo das expectativas o dólar
tende a se valorizar, já que existe o temor de um descontrole da inflação.

Para o economista-chefe da Necton, André Perfeito, "o câmbio está 'de
lado' e o mercado em standby, aguardando os desdobramentos do tweet do Lira.
Tudo pode acontecer".

Na manhã desta terça, o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna,
participou de comissão geral no plenário da Câmara dos Deputados. "Sabemos
que há uma série de incidências sobre o preço da gasolina que não tem a ver
com o custo da Petrobras e nós não passamos a volatilidade momentânea dos
preços internacionais", disse o executivo em resposta aos questionamentos dos
deputados sobre o preço dos combustíveis.

Segundo o gestor de renda fixa da Porto Seguro Investimentos, Bruno Canesin,
"o Roberto Campos deixou claro que irá alterar a Selic o quanto for
necessário, mas que não irá alterar o 'plano de voo' a cada dado novo".

Canesin também destaca a importância do BC no controle do câmbio: "a
garantia que Campos Neto passou sobre o overhedge (proteção cambial adicional
dos bancos), de que a instituição 'fará frente a essa demanda pontual de
final de ano', também contribui para o movimento do dólar nesta terça",
pontua o gestor.

Paulo Holland / Agência CMA

Copyright 2021 - Grupo CMA

content:
afterContent:
sidebar:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: