beforeContent_c1:
Widget: 37:

ARGENTINA:Buenos Aires decreta emergência hídrica c/ rebaixamento do Paraná

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!


A província de Buenos Aires declarou Emergência Hídrica na área do Delta
do Rio Paraná, afetada pela extraordinária baixa que afeta o abastecimento de
água potável, a navegação e a operação portuária, o ecossistema e a
geração hidrelétrica.

Segundo um decreto publicado no Boletim Provincial, o distrito determina a
emergência por 180 dias nos distritos de San Nicolás, Ramallo, San Pedro,
Baradero, Zárate, Campana, Escobar, Tigre, San Fernando, San Isidro, Vicente
López, Avellaneda , Berazategui, Berisso, Ensenada, La Plata e Quilmes.

Além disso, criou a Comissão Interministerial de Emergência Hídrica com
o objetivo de articular as medidas de prevenção, controle e mitigação dos
efeitos produzidos pela baixa junto aos órgãos provinciais, nacionais e
municipais.

A Agência Provincial de Desenvolvimento Sustentável (OPDS) também foi
autorizada a adotar as medidas necessárias para preservar os recursos naturais
e conservar e recuperar reservas e áreas que possam ser afetadas durante a
emergência hídrica. Além disso, será administrada a assistência direta às
vítimas em situações de emergência, caso os eventos gerem riscos para os
moradores das áreas afetadas pela emergência.

A falta de chuvas nas bacias dos rios Paraná, Paraguai e Iguaçu constitui
uma das causas da queda histórica mais importante em mais de 77 anos e
continuará diminuindo por mais três meses, com maior pico em novembro, segundo
Instituto Nacional de Águas (INA).

Horacio Vera / Agência CMA Latam

Tradução: Julio Viana

Copyright 2021 - Grupo CMA

content:
afterContent:
sidebar:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: