ENERGIAS DO BRASIL: Lucro líquido totaliza R$ 510 milhões, alta de 70,3%

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!


São Paulo, 26 de outubro de 2021 - O lucro líquido da Energias do Brasil
cresceu 70,3% no terceiro trimestre em relação ao mesmo período do ano
anterior, para R$ 510,5 milhões. O lucro líquido ajustado, por sua vez, foi de
R$ 266,1 milhões no período, alta de 20,7% na base anual.

No acumulado do ano, o lucro líquido foi de R$ 1,350 bilhão, 67,2% maior
que 2020. O lucro líquido ajustado, por sua vez, teve alta de 32,9% e somou R$
827 milhões na comparação anual.

O ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização)
alcançou R$ 1,124 bilhão no trimestre, alta de 60,7%, em base anual. O ebitda
ajustado, que exclui os efeitos não recorrentes, subiu 30,1% no período, para
R$ 753,8 milhões.

Ao final do trimestre, a dívida líquida da Energias do Brasil era de R$
8,08 bilhões, alta de 31,8% na comparação anual.

Bruno Soares / Agência CMA

Copyright 2021 - Grupo CMA

Widget: 15:

Receba nosso boletim