FGV: INCC-M acelera alta mensal a 0,80% em outubro ante setembro

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!


São Paulo, 26 de outubro de 2021 - O Indice Nacional de Custo da
Construção-M (INCC-M) subiu 0,80% em outubro, acelerando o ritmo de alta em
relação a setembro, quando subiu 0,56% em termos de comparação mensal,
segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). Com este resultado, o índice acumula
alta de 12,88% no ano e de 15,35% em 12 meses.

Em outubro de 2020, o índice havia subido 1,69% no mês e acumulava alta de
6,64% em 12 meses.

A taxa do índice relativa a materiais, equipamentos e serviços aumentou de
0,83% em setembro para 1,45% em outubro, enquanto o índice referente à mão
de obra desacelerou o ritmo de alta para 0,10% em outubro, ante 0,27%, em
setembro.

No grupo Materiais, Equipamentos e Serviços, a taxa referente a materiais e
equipamentos apenas subiu 1,68% em outubro, após variar 0,89% no mês
anterior. Três dos quatro grupos componentes apresentaram acréscimo em suas
taxas de variação, destacando-se materiais para estrutura, cuja taxa passou de
0,78% para 2,12%.

A variação relativa a serviços passou de 0,56% em setembro para 0,36% em
outubro. Neste grupo, o destaque foi o recuo da taxa do item projetos, que
passou de 0,40% para 0,11%.

Seis capitais apresentaram acréscimo em suas taxas de variação: Salvador,
Brasília, Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Em
contrapartida, apenas Porto Alegre apresentou decréscimo em sua taxa de
variação.

Edição: Gustavo Nicoletta (g.nicoletta@cma.com.br)

Copyright 2021 - Grupo CMA

Widget: 15:

Receba nosso boletim