IBOVESPA: Bolsa fecha em alta com Petrobras em dia de baixa liquidez

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!


São Paulo, 25 de novembro de 2021 - A Bolsa operou todo o pregão no
positivo e fechou em alta de mais de 1%, recuperando a faixa dos 105 mil pontos
em um dia de bom humor favorecido pelas ações da Petrobras e do setor
financeiro, mesmo com a liquidez baixa por conta do feriado de Ação de
Graças, nos Estados Unidos, em que as bolsas não abriram.

O mercado ficou animado com a divulgação do plano de investimento da
Petrobras de US$68 bilhões no período de 2022 e 2026. Mas, foi principalmente
o pagamento de dividendos aos acionistas que agradou os investidores.

O principal índice da B3 avançou 1,24%, aos 105.811,71 pontos. O Ibovespa
futuro com vencimento em dezembro subiu 1,38%, aos 106.335 pontos. O volume
financeiro era de R$ 21,3 bilhões.

Mais cedo, a Câmara dos Deputados aprovou o texto-base da medida
provisória que cria o Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família. Os
parlamentares ainda devem votar os destaques, para assim seguir para o Senado e,
posteriormente, para sanção do presidente Jair Bolsonaro. A data limite para
a aprovação é 7 de dezembro.

As ações da Petrobras (PETR3 e PETR4) avançaram 4,13% e 4,40%. O setor
financeiro se recuperou das perdas recentes e fecharam em alta. Os papéis do
Itaú (ITUB4) subiram 0,91% e do Bradesco (BBDC3 e BBDC4) aumentaram 0,38% e
0,80%.

Paulo Provenzano, economista da Zahl Investimentos, comentou que a Bolsa
tem um dia mais favorável com a ajuda da Petrobras. "O que colabora para o
otimismo é o desempenho da Petrobras com o anúncio do plano de investimentos
para quatro anos, somado a boa performance dos bancos". O resultado do Indice
de Preços ao Consumidor-15 (IPCA-15), que foi divulgado mais cedo, -subiu 1,17%
na comparação mensal- "ficando em linha com o mercado e não refletiu
negativamente na Bolsa". No entanto, a taxa tem a maior variação para o mês
desde 2002.

Provenzano enfatizou que a Bolsa estava muito descontada perante seus pares,
e "do ponto de vista gráfico, ela rompeu uma resistência na faixa dos
105.400 e dá fôlego para buscar os 108 mil pontos".

Piter Carvalho, economista da Valor Investimento, afirmou que a Bolsa está
em um patamar positivo refletindo o anúncio da Petrobras de projetos de
investimentos de US$ 68 bilhões entre 2022 e 2026 e novo plano de pagamento de
dividendos. "Esse plano da estatal parece estar atraindo os investidores
estrangeiros, que procuram alternativas baratas e descontadas como é o caso do
Ibovespa".

Carvalho ressaltou que apesar de a Vale estar em queda, "o setor de
siderurgia e mineração está se beneficiando com o aumento do minério e ajuda
a Bolsa". O minério já bateu à casa dos US$100 e tem dado incentivo ao
setor, principalmente os investimentos da China.

Segundo uma fonte que não quis se identificar, "o mercado recebeu muito
bem o plano estratégico 2022-2026 da companhia, e os investidores estão
endossando a gestão do general Joaquim Silva e Luna [presidente da
petrolífera]".

Soraia Budaibes / Agência CMA

Copyright 2021 - Grupo CMA

Widget: 15:

Receba nosso boletim