CHINA: Shell dá início à produção de hidrogênio verde para Jogos de Inverno

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!


São Paulo, 28 de janeiro de 2022 - A Shell informou que deu início às
operações de seu projeto de hidrogênio de carbono zero de 20 megawatts (MW)
em Zhangjiakou, uma cidade do norte da China, no que a empresa define como uma
das "maiores do mundo", e que abastecerá parte da frota de veículos na
cidade-sede dos Jogos Olímpicos de Inverno.

"O projeto é o maior do nosso portfólio até o momento e está em linha
com a estratégia da Shell, que inclui planos para construir nossa posição de
liderança em hidrogênio", disse Wael Sawan, Diretor de Energias Renováveis
da Shell, num comunicado publicado no site da empresa.

O projeto, que produzirá hidrogênio verde dividindo moléculas de água
com eletricidade vindas de parques eólicos em terra, fornecerá cerca de metade
do suprimento total de hidrogênio verde para os veículos na zona de
competição de Zhangjiakou durante os Jogos Olímpicos de Inverno, programado
para começar no dia 4 de fevereiro.

"Primeiramente será fornecido hidrogênio verde para abastecer uma frota
de mais de 600 veículos na zona de competição de Zhangjiakou (...) Depois
disso, o hidrogênio será usado para transporte público e comercial na região
de Pequim-Tianjin-Hebei, ajudando a descarbonizar seu setor de mobilidade",
informou a empresa no comunicado.

Levando apenas 13 meses para ser concluído, este é o primeiro projeto
comercial de desenvolvimento de hidrogênio da Shell na China. De acordo com a
empresa, as estações de 20 megawatts (MW) em Zhangjiakou são a fase 1 da
joint venture.

As empresas têm planos de escalar a produção até 60 MW nos próximos
dois anos na fase 2.

Darlan Azevedo / Agência CMA

Copyright 2022 - Grupo CMA

Widget: 15:

Receba nosso boletim