beforeContent_c1:
Widget: 37:

MERCADO EUA: Tecnologia pesa e índices caem

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!


São Paulo, 4 de maio de 2021 - Os principais índices do mercado de ações
norte-americano terminaram o dia em queda, pressionados por uma onda de vendas
no setor de tecnologia, que prejudicou o Nasdaq e o S&P 500. Nos minutos finais
da sessão, o Dow Jones conseguiu uma recuperação parcial, fechando perto da
estabilidade, com leve variação positiva.

As ações da Apple lideraram as perdas entre as chamadas big techs,
recuando 3,5%. Essa baixa foi seguidaa pela Amazon, cujos papéis caíram mais
de 2,0%. As ações de Alphabet - controladora do Google -, Netflix e
Microsoft tiveram queda de mais de 1,0%.

Os investidores avaliaram dados econômicos sólidos e resultados
corporativos robustos contra preocupações com a inflação e o aumento dos
casos do novo coronavírus em várias partes do mundo. Alguns desses
investidores acreditam que perspectivas mais positivas para a economia
norte-americana e os lucros das empresas estão embutidas nas elevadas
avaliações das ações.

Essa crença encontrou respaldo na declaração de hoje da declaração da
secretária do Tesouro norte-americano, Janet Yellen, que também ajudou nas
perdas de Wall Street. Ela sinalizou que o Federal Reserve (Fed, o banco central
do país) será forçado a elevar a taxa de juros para conter o
superaquecimento da economia derivado dos trilhões em estímulos planejados
pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

Em sua decisão da semana passada, o presidente do Fed, Jerome Powell,
atualizou para um tom mais otimista a sua visão sobre a economia
norte-americana, mas ainda assim disse que o momento de tratar da retirada da
acomodação não havia chegado diante dos níveis de incerteza ligados à
pandemia de covid-19.

"Com base em nossa perspectiva macro muito positiva dos Estados Unidos,
continuamos a ver o Fed se movendo em uma direção mais hawkish [favorável ao
aperto monetário] no final deste ano, quando dados mais positivos começarem a
chegar. Nosso caso base é setembro. Ainda acreditamos que a redução efetiva
começará em janeiro de 2022", disse o analista chefe do Danske Bank, Mikael
Olai Milhj.

Confira a variação e a pontuação dos índices de ações dos Estados
Unidos no fechamento:

Dow Jones: -0,06%, 34.133,03 pontos
Nasdaq Composto: -1,88%, 13.633,50 pontos
S&P 500: -0,66%, 4.164,66 pontos

Carolina Gama / Agência CMA

Copyright 2021 - Grupo CMA

content:
afterContent:
sidebar:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: