beforeContent_c1:
Widget: 37:

CÂMBIO: Dólar recua quase 4% na semana e volta ao patamar de janeiro

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!


São Paulo, 7 de maio de 2021 - O dólar comercial encerrou a sessão em
queda de 0,94%, cotado a R$ 5,2280 para venda, voltando aos patamares de janeiro
deste ano. O recuo de hoje teve como protagonista o dado de emprego nos Estados
Unidos que veio muito abaixo do previsto por analistas e, em segundo plano, a
valorização de moedas de países emergentes e produtores de commodity. Na
semana, a retração do dólar foi de 3,70%.

"O dólar comercial operou majoritariamente em queda e teve como principal
indutor para este movimento, a divulgação de um payroll pífio, que ficou bem
abaixo da previsão dos especialistas, indicando que o Fed [banco central
norte-americano] pode demorar um bom tempo para iniciar o ciclo de aperto
monetário, sentimento que gerou uma onda de desvalorização do dólar ao redor
do globo, com investidores saindo dos ativos seguros e indo a procura do
risco", explicou Jefferson Rugik, em análise enviada por e-mail.

"Por aqui não foi diferente, com o dólar comercial registrando mínimas
sequenciais ao longo da sessão, chegando a passear pela faixa dos R$5,20",
concluiu o documento enviado por Rugik.

De acordo com dados do governo norte-americano, a economia dos Estados
Unidos criou 266 mil postos de trabalho em março e a taxa de desemprego subiu
de 6,0% para 6,1%. Analistas esperavam abertura de 1,05 milhão de vagas e taxa
de desemprego de 5,8%.

"Hoje a sessão segue naquele ritmo de sexta-feira, com direção única.
Até que a queda foi expressiva para um pregão pré-final de semana.
Historicamente a sexta é um dia de garantir uma posição mais defensiva para o
final de semana. Mas com o aumento da Selic essa semana e dados fracos sobre a
economia dos Estados Unidos não tem como segurar esse recuo", explicou um
operador de câmbio de uma grande corretora.

Eduardo Puccioni / Agência CMA

Copyright 2021 - Grupo CMA

content:
afterContent:
sidebar:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: