beforeContent_c1:
Widget: 37:

REINO UNIDO: Johnson e Biden acertam acordo comercial e tratam do Brexit

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!


São Paulo, 10 de junho de 2021 - O primeiro-ministro britânico, Boris
Johnson, disse que a parceria com os Estados Unidos avançou hoje durante
encontro com o presidente norte-americano, Joe Biden, na direção de um acordo
de livre comércio, que se dá em meio a necessidade do Reino Unido de buscar
novos laços comerciais após a saída da União Europeia (UE).

"Eles resolveram levar essa cooperação ainda mais longe, expandindo o
comércio e a progressão em direção a um futuro Acordo de Livre Comércio
entre o Reino Unido e os Estados Unidos, um pacto que criaria empregos e traria
novas oportunidades para nossos dois países", diz um comunicado de Downing
Street.

Na reunião de hoje, que acontece às vésperas da cúpula do G-7 (grupo
composto por Estados Unidos, Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Itália e
Canadá), na Cornualha, Johnson e Biden também trataram de questões pendentes
da separação do Reino Unido da UE, processo conhecido como Brexit.

"Os líderes concordaram que tanto a UE quanto o Reino Unido têm a
responsabilidade de trabalhar juntos e encontrar soluções pragmáticas para
permitir o comércio livre entre a Irlanda do Norte, a Grã-Bretanha e a
República da Irlanda", diz a nota.

Johnson destacou ainda suas ambições em expandir ainda mais as
oportunidades para todas as pessoas na Irlanda do Norte e disse esperar que os
Estados Unidos continuem a trabalhar com o Reino Unido para aumentar a
prosperidade no país.

Além de reforçar vínculos comerciais, os dois líderes eles também
concordaram em trabalhar para reabrir as viagens e continuar a compartilhar
informações que ajudarão a derrotar a disseminação do novo coronavírus em
nossos países e internacionalmente.

"Eles concordaram que a parceria Reino Unido-Estados Unidos é mais
importante do que nunca, à medida que enfrentamos desafios comuns, como as
mudanças climáticas e nos recuperamos melhor da pandemia do novo
coronavírus", diz o comunicado.

Além de promover a importância do relacionamento entre o Reino Unido e os
Estados Unidos e impulsionar a prosperidade em ambos os países, Jonhson e Biden
cobriram uma série de questões de política externa, incluindo Afeganistão,
China, Irã e Rússia.

Carolina Gama / Agência CMA

Copyright 2021 - Grupo CMA

content:
afterContent:
sidebar:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: