beforeContent_c1:
Widget: 37:

HAPVIDA:Operadora diz respeitar autonomia médica em relação à cloroquina

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!


São Paulo, 14 de junho de 2021 - A Hapvida disse que está apurando as
exigências estabelecidas na notificação do Instituto Brasileiro de Defesa do
Consumidor (idec) em relação à prescrição de cloroquina e outros
medicamentos comprovadamente ineficazes contra a Covid-19, e se comprometeu a
tomar providências, caso necessário.

A operadora ressaltou que "respeita a soberania médica e que todos os
tratamentos são de inteira autonomia dos médicos, decididos em comum acordo
com os pacientes" e que disponibiliza canais de atendimento para clientes e
profissionais de saúde, em comunicado sobre a notificação.

A organização não-governamental de defesa do consumidor notificou
extrajudicialmente as operadoras Hapvida e a Prevent Senior pelo uso de
cloroquina e outros medicamentos comprovadamente ineficazes contra a Covid-19 e
acusou as empresas de contrariar as recomendações de órgãos nacionais e
internacionais e pressionar médicos a aplicarem o chamado "tratamento
precoce" e, assim, colocar em risco a saúde de seus clientes.

A entidade disse que há indícios de que a Hapvida estaria pressionando os
médicos a prescreverem esses produtos em pelo menos quatro estados - Goiás,
Pernambuco, Pará e Ceará.

"Neste último, a empresa recebeu uma multa de R$ 468 mil por parte do
Ministério Público por impor a prescrição de cloroquina e
hidroxicloroquina", disse a ONG, em nota.

A organização pede que as empresas revejam seus protocolos internos e
interrompam o envio dos medicamentos aos usuários e a pressão sobre médicos e
prestem esclarecimentos aos consumidores sobre os riscos do "tratamento
precoce" por todos os meios disponíveis, inclusive jornais de grande
circulação do país. As empresas têm 15 dias corridos para responder à
notificação.

Cynara Escobar / Agência CMA

Copyright 2021 - Grupo CMA

content:
afterContent:
sidebar:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: