beforeContent_c1:
Widget: 37:

CORONAVIRUS: Sistema de saúde dos EUA começa a se sobrecarregar por Delta

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!


São Paulo, 22 de julho de 2021 - O sistema de saúde dos Estados Unidos
começa a dar sinais de estar sobrecarregado por conta do aumento de casos e
hospitalizações provocadas pela variante Delta do coronavírus, que já
responde por mais de 83% das infecções no país, segundo a diretora do Centro
de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), Rochelle
Walensky.

"Não estamos livres da pandemia ainda. Estamos enfrentando o momento mais
importante da pandemia novamente, com casos subindo e muitas regiões com o
sistema de saúde sob pressão", afirmou ela em coletiva de imprensa.

Dados apresentados por Walensky mostram que o número de casos de covid-19
nos Estados Unidos subiu 52,5% na média de sete dias e já se aproximam dos 40
mil, enquanto as hospitalizações subiram 32,2% em sete dias e as mortes,
19,2%.

Segundo a chefe do CDC, esse aumento de casos, hospitalizações e mortes se
devem à variante Delta, inicialmente detectada na India.

"A variante Delta está se espalhando com eficiência e representa mais de
83% dos casos nos Estados Unidos. Ela é maia agressiva e transmissível. É um
dos vírus respiratórios mais infectantes que eu já vi em toda a minha
carreira na saúde", afirmou ela. "Se você não está vacinado, leve a
variante Delta a sério", acrescentou.

De acordo com o CDC, o número de pessoas completamente vacinadas contra a
covid-19 nos Estados Unidos chegou a 161.895.045, ou 48,8% da população. Os
norte-americanos que tomaram apenas uma dose somam 186.819.440, ou 56,3% da
população.

"Estar vacinado garante uma alta proteção contra casos severos da
doença, hospitalizações e morte. Foi para isso que as vacinas foram
projetadas. Essas são as vacinas mais eficientes da história moderna e todas
são eficazes contra a Delta", disse Walensky, acrescentando que a maioria dos
casos registrados nos Estados Unidos hoje estão em estados com baixa taxa de
vacinação.

Carolina Gama / Agência CMA

Copyright 2021 - Grupo CMA

content:
afterContent:
sidebar:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: