beforeContent_c1:
Widget: 37:

7 locais turísticos para conhecer em Corumbá - MS

Corumbá é um município do estado do Mato Grosso do Sul, situado em uma região de tríplice fronteira entre Brasil, Bolívia e Paraguai. Em razão de suas influências sul-americanas (dos países vizinhos), indígenas e também árabes, italianas e portuguesas, denota grande diversidade cultural.

Além disso, a cidade é conhecida como "A Capital do Pantanal", uma vez que 60% de seu território é compreendido pelo Complexo do Pantanal, destacando-se como a mais importante zona urbana da região pantaneira. À margem direita do Rio Paraguai, constitui também um dos principais portos fluviais do Brasil e da América Latina.

Assim, suas belezas naturais, riqueza de flora e fauna, localização privilegiada, arquitetura histórica, culinária típica e demais manifestações culturais fazem do local um destino muito procurado por turistas.

Abaixo, sete pontos turísticos imperdíveis de Corumbá:

1) Casario do Porto

O prédio chama atenção pela arquitetura que retrata o período de auge comercial da cidade, motivo pelo qual foi tombado, em 1992, como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Hoje, é cenário de inúmeros eventos culturais e turísticos da cidade, como o tradicional Banho de São João, realizado sempre no dia 23 de julho.

2) Porto Geral

O Porto Geral foi fundado em 1853 e é um dos principais cartões postais de Corumbá. Está localizado no centro histórico, bem próximo ao Casario do Porto. Atualmente, ainda é considerado um dos mais importantes portos do Centro-Oeste e do Brasil. Dele saem diariamente muitas embarcações para passeio pelas águas do Rio Paraguai.

3) Museu da História do Pantanal (Muphan)

A construção do prédio data de 1876 e, num primeiro momento, funcionou como armazém, logo depois abrigou uma agência do Banco do Brasil e, somente em agosto de 2008, foi inaugurado como Museu da História do Pantanal. Detém extenso e rico acervo que permite aos visitantes entrarem em contato com a história, de diferentes épocas, da região pantaneira, a partir de múltiplas perspectivas.

4) Forte Junqueira

Edificado em 1871, um ano após o fim da Guerra do Paraguai, com o objetivo de selar a paz entre os dois países. Em 2017, o Governo Federal acatou pleito para torná-lo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. O local abriga 12 canhões produzidos pela Fried Krupp (indústria inglesa). Mas o seu principal atrativo é a vista privilegiada do Rio Paraguai e do Pantanal.

5) Estrada Parque Pantanal

A Estrada Parque tem 120 km de extensão e vai de Corumbá a Miranda. O mais interessante do passeio é observar de perto, e com segurança, a rica fauna e flora do Pantanal. O caminho pode ser feito de carro ou por meio de agências credenciadas que organizam um tour acompanhado por guia turístico.

6) Cristo Rei do Pantanal

A obra de Izulina Xavier (célebre artista plástica corumbataiense) tem 12 metros de altura e fica no alto do Morro do Cruzeiro. O visual lá de cima é deslumbrante, pois contempla igualmente a paisagem urbana e o relevo e vegetação típicos do bioma. O trajeto até chegar ao Cristo é composto de 14 esculturas de Izulina que reencenam as estações da Paixão de Cristo, o que o torna uma atração à parte.

7) Igreja Nossa Senhora da Candelária

A Matriz foi construída em 1885, na região central, e nela está alojada a padroeira do município: Nossa Senhora da Candelária. A visita é obrigatória, já que o prédio, tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1992, é uma das maiores referências artísticas e religiosas de Corumbá. Um dos destaques é o brasão da Coroa Portuguesa fixado em seu altar.

O Clube de Férias Candeias dispõe de uma unidade própria em Corumbá: o Candeias Gold Fish. O local apresenta infraestrutura e a vista da paisagem pantaneira.

Mais informações em https://www.clubecandeias.com



Website: https://www.clubecandeias.com/
content:
afterContent:
sidebar:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 70: