beforeContent_c1:
Widget: 37:

MBA em Health Tech: tecnologia é aliada essencial para a área da saúde

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!

Em tempos de crises, algumas disrupções que já estavam em curso se aceleram, e não foi diferente com a chegada da COVID-19. O mundo inteiro precisou se apoiar ainda mais nos aparatos tecnológicos, como forma de tentar conter e combater ao máximo as consequências do vírus. Seja na medicina, com o uso de teleconsultas, estudos para acelerar a cura de pacientes infectados e desenvolvimento de vacinas, ou no dia a dia, possibilitando o home office, aulas remotas, compras on-line e muitos outros serviços digitais. 

Além das transformações impulsionadas pela pandemia, é de se questionar como a tecnologia poderia ajudar a prever males na sociedade. Wagner Sanchez, coordenador do MBA em Health Tech da FIAP, afirma que com um poder computacional maior embarcado na área médica, talvez fosse possível evitar que o vírus se alastrasse por todo o mundo. Um sistema computacional com machine learning, computação quântica e internet das coisas, por exemplo, poderia alertar com antecedência que as pessoas de determinado bairro ou cidade estão com seus biossinais alterados. Com isto, seria possível tomar medidas preventivas de forma mais eficiente.

É necessário lidar com o cenário atual e com os próximos que virão. Toda a situação que envolve o novo coronavírus e outras questões ainda são uma incógnita. Porém, é seguro afirmar que todos os segmentos da indústria já estão e continuarão precisando aprimorar seu mindset tecnológico.  A demanda por profissionais que dominam os processos de transformação digital e as tecnologias disruptivas é cada vez maior, principalmente na área da saúde, que é um epicentro do desenvolvimento tecnológico. Mais do que nunca, a atenção global está voltada para as tecnologias médicas: diagnóstico, tratamento e profilaxia (vacinas).

O MBA em Health Tech do Centro Universitário FIAP prepara profissionais para lidar com tecnologias exponenciais voltadas para a saúde. "O curso não ensina saúde, ensina como a tecnologia pode ser um grande aliado para melhorar a vida das pessoas, cuidando mais do bem-estar e menos da doença. É deixar o profissional mais equipado para ele ser mais eficiente, assertivo, preciso e melhor", afirma o coordenador Sanchez.

O perfil ideal dos alunos deste MBA inclui pessoas que têm vivência na área ou trabalham em empresas do ramo da saúde, como psicólogos, veterinários, dentistas, enfermeiros, médicos ou pessoas que pretendem empreender neste ramo, por exemplo, criando um aplicativo sobre o tema. O curso abrange desde a aplicação de metodologias como design thinking e gestão de projetos, até o uso de tecnologias como data science, inteligência artificial, cognificação, optical devices, impressão 3D, captação e leitura de biopotenciais, wearables, técnicas de imageamento diagnóstico, realidade virtual, biomateriais e nanotecnologia, robótica, cybersecurity, neurohacking, IoT, cloud computing, desenvolvimento de apps, análise preditiva e data mining. Estudar tecnologias é, cada vez mais, potencializar as possibilidades de prever, prevenir e curar.



Website: https://www.fiap.com.br/mba/mba-em-health-tech/
content:
afterContent:
sidebar:
Widget: 70:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: