beforeContent_c1:
Widget: 53:
Widget: 37:
mãos notas dolar carteira cash

Conheça as 17 empresas que estão recomprando suas ações

Foram poucas as empresas que apresentaram algo sólido para seus investidores depois das quedas do Ibovespa que começaram no dia 26 de fevereiro. Os bons sinais, até agora, vieram de 17 companhias (das mais de 400 listadas na B3, a bolsa brasileira), que anunciaram programas de recompra das suas próprias ações, a preço de mercado.

Os programasa de recompra são o tema da última coluna do Monitor do Mercado na Folha de S.Paulo. Clique aqui para ler

Os programas dão uma forma bem concreta à expressão “se dar valor”. É como se as companhias declarassem: “Entre todos os investimentos possíveis neste momento, o que eu quero são os meus papéis”.

O anúncio “pega bem”, pois mostra a confiança da empresa de que suas ações vão subir ao longo do tempo e, ao mesmo tempo, segurar um pouco as quedas.

Os preços, como se sabe, variam para equilibrar oferta e demanda pela mesma ação. Com a recompra, as companhias inflam a demanda. Para quem tem os papéis em mãos, é um bom motivo para segurar e esperar valorizar.

Somados, os 17 programas resultam numa demanda anunciada por 150 milhões de ações. Para fins de comparação, isso é mais do que todos os papéis da Smiles em circulação.

Veja detalhes na tabela abaixo. Para conhecer mais sobre cada programa de recompra, basta clicar na tabela.

Um bom jeito de avaliar o quão concreto são os planos é analisar quais têm dinheiro para fazer o investimento. Isso você pode fazer consultando os perfis das empresas no Monitor do Mercado.

 

content:
afterContent:
comments:
Widget: Comentários 17:

Comentários

sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 58:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 59: