beforeContent_c1:
Widget: 53:
Widget: 37:

OI: Oi consegue autorização para deixar ações a menos de R$ 1 até o fim do ano

OI S.A. informou nesta segunda-feira (23/03) que recebeu autorização da bolsa (B3) para deixar suas ações custarem menos de R$ 1 até dezembro deste ano.

A companhia havia recebido um ultimato em novembro, no qual a B3 dizia que, caso as cotações dos pepéis (OIBR3 e OIBR4) não fossem enquadradas acima de R$ 1, de forma estável, até maio deste ano, a companhia teria que tomar providências, como fazer um grupamento de ações.

A Oi pediu uma prorrogação do prazo, alegando que, nos próximos meses, deverá ocorrer a vendas de ativos e, até o dia 6 de novembro, haverá uma assembleia geral de credores (AGC), na qual será discutida "uma estrutura societária mais flexível e eficiente para a implementação do plano estratégico que a Companhia já divulgou ao mercado".

Essa "nova estrutura", diz a Oi, deverá gerar mais confiança dos credores e do mercado a respeito do futuro dos nossos resultados financeiros e operacionais, aumentando a cotação dos papéis.

A B3 aceitou o pedido e determinou que, somente após a AGC, marcada para o dia 6 de novembro, sejam contados novos 30 dias de negociação para que a empresa seja obrigada a reenquadrar a cotação de suas ações acima de R$ 1, caso ainda não estejam nesse patamar.

Disponível em PDF, clique aqui para baixar

content:
afterContent:
comments:
Widget: Comentários 17:

Comentários

sidebar:
Widget: 24:

OIBR3,BVMF - OI

CNPJ: 76.535.764/0001-43
  • Preço / Lucro: --
  • Preço / VPA: --
  • EV / EBITDA: --
  • ROE: --
Widget: 39:
Widget: 58:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 59: