beforeContent_c1:
Widget: 53:
Widget: 37:
construção - operários - destaque notícia - piqsels

Nova no Ibovespa, EZTec não lança imóveis desde março

Nova ação do Ibovespa, a EZTC3, da construtora EZTec, vem acompanhando o índice do qual agora faz parte desde março, quando a Bolsa atingiu o que, até agora, foi o fundo do poço da pandemia de coronavírus.

Em relação a um ano atrás, o preço dos papéis da EZTec subiu 13%. (Clique aqui para conhecer o perfil da EZTec)

Por tentar reunir os papéis das empresas consideradas as mais importantes do mercado, o Ibovespa funciona como uma vitrine para as ações que o compõem. 

Ele não é uma média do mercado, mas uma fotografia dos papéis considerados mais representativos e mais negociados da Bolsa.

Como é uma carteira hipotética, o Ibovespa define uma participação percentual para cada ação que é incluída no índice.

A EZTec, com uma fatia de 0,177%, foi considerada mais representativa do mercado do que empresas conhecidas, como a Minerva Foods e a Gol, mas ficou abaixo das outras companhias do setor da construção que já compõem o índice: MRV e Cyrela Realty.

Ao fazerem parte do Ibovespa, as ações passam mais segurança, aumentando seu destaque entra investidores, inclusive internacionais, e entre os iniciantes. Mais liquidez tende a tornar suas ações mais atraentes.

Por isso, vale dar uma olhada no que estão fazendo agora e o que planejam, pois os dois papéis devem começar a ser alvos de comentários. E nada pior para seus investimentos do que comprar ou vendar com base no que se comenta “por aí”.

A EZTec sofreu os impactos do coronavírus na “economia real”. A empresa não lançou nenhum empreendimento desde março. Seu lucro líquido caiu 28% em relação ao segundo trimestre de 2019.

Ainda assim, a companhia tem cerca de R$ 1,3 bilhão em caixa, o que dá segurança em relação à sua capacidade de construir novos empreendimentos para vender na tão esperada retomada.

Um indicador importante para analisar o desempenho da empresa é o ROA, que mostra o retorno sobre o ativo, ou seja, a capacidade de gerar resultados com o que possui. Quanto mais alto, melhor. Seu ROA está em 7,41%, bem acima da MRV (2,79%) e da Cyrela (4,32%), por exemplo. (Clique aqui para comparar essas e outras ações no Comparador do Monitor do Mercado)

No mês passado a EZTec pediu para começar a vender na Bolsa ações de seu braço de empreendimentos comerciais, chamado EZ Inc. Analistas apontaram que isso pode trazer valor para a companhia, apesar de tirar parte do foco de sua gestão.

Reaquecimento da construção

O mercado imobiliário, como um todo, tem se aquecido. Os fundos de investimento imobiliário (FIIs), por exemplo, estão sentido melhora.

O Ifix, indicador do desempenho médio das cotações dos fundos imobiliário negociados na B3, espécie de Ibovespa dos FIIs, acumula uma queda de cerca de 13% em relação ao começo do ano. O Ibovespa, principal indicador do mercado de ações, acumula uma queda de 13%.

Com o boom de compras pela internet, companhias de e-commerce estão precisando cada vez mais de pontos para depósito e retirada de produtos, em locais mais próximos de seus consumidores (diminuindo o tempo da entrega).

O mesmo movimento (lojas fechadas e aumento de compras online) teve efeito inverso nos FIIs que investem seu dinheiro em shopping centers. Com as portas fechadas, ficou difícil manter as contas conforme o esperado.

Agora, os investidores de fundos que aplicam em lajes corporativas veem, com apreensão, grandes empresas devolverem prédios alugados. Com o regime de home office, alguns espaços se tornaram desnecessários.

*Imagem em destaque: Piqsels.com

content:
afterContent:
comments:
Widget: 61:
sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 58:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 59: