beforeContent_c1:
Widget: 37:
braskem salvador imagem destaque divulgação

Processos contra Braskem por desastre em AL somaram R$ 38,6 bilhões

A Braskem informou, nesta segunda-feira (1/2), que provisionou R$ 8,8 bilhões para despesas decorrentes do desastre geológico em Maceió (AL).

Segundo a companhia, que pertence à Odebrecht e à Petrobras, quatro processks contra a empresa referentes ao caso somaram R$ 38,6 bilhões. Parte das ações já foi encerrada por acordo.

O Ministério Público do Trabalho pedia R$ 3,7 bilhões para reparar trabalhadores, enquanto o poder público federal e estadual clamaram R$ 6,7 bilhões para compensar os danos aos moradores dos bairros atingidos.

Já o Ministério Público Federal quis que a empresa pagasse R$ 28,2 bilhões, pelos danos sociais e ambientais.

Ivestidores detentores de ADRs da companhia, poesia vez, alegaram perdas por omissão e informações falsas sobre o desastre.

"A Braskem tem o objetivo de continuar acelerar a negociação por compensações aos moradores dos bairros afetados pelo desastre geológico que causou afundamento do solo devido à atuação da companhia na extração de sal-gema em área urbana com falha geológica desde 1975", disse o advogado Thiago Fontana Gemignani, que representa a companhia no gerenciamento do caso em Maceió, em teleconferência da companhia sobre o caso. 

Em 2021, a prioridade será estabilizar a governança do programa social e urbanístico, disse a companhia, que apresentou à Agência Nacional de Mineração (ANM) um plano para estabilizar e monitorar 35 áreas de extração de sal. 

O plano é considerado como "de difícil execução" pela companhia, que espera avançar sua implementação nos próximos meses.

Durante a teleconferência para investidores, Almir Viana Cotias Filho, líder de vinílicos da companhia, falou sobre a retomada da produção em Maceió e sobre aparalisação definitiva da produção de cloro soda em Camaçari, na Bahia. Em 2020, a companhia encerrou as atividades no local, devido ao fim da vida útil do ativo, que está em atividade desde em abril de 1979.

"Esperamos uma recuperação de ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) e melhora de spreads ao longo do ano com a retomada das operações", disse Pedro Freitas, diretor financeiro da Braskem. 


*Texto alterado às 21h55 do dia 2 de fevereiro de 2021 para correção.
Imagem em destaque: Divulgação

content:
afterContent:
comments:
Widget: 61:
sidebar:
Widget: 24:

BRKM3 - ON - Braskem

CNPJ: 42.150.391/0001-70
  • Preço: R$ 51,22
  • Vari.mês: -3,35%
  • Preço médio: R$ 51,55
Widget: 39:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: