beforeContent_c1:
Widget: 53:
Widget: 37:
caixa imagem destaque reprodução caixa

IPO da Caixa Seguridade pode movimentar R$ 6,5 bilhões

A oferta pública inicial de ações (o conhecido IPO) do braço de seguros e previdência da Caixa Econômica Federa, a Caixa Seguridade, pode movimentar até R$ 6,5 bilhões, de acordo com o documento publicado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta terça-feira (6).

De acordo com a CVM, o cálculo considera o topo da faixa de preço estimado para a oferta, com cada ação ordinária sendo vendida na faixa entre R$ 9,33 e R$ 12,67 por ação.

A operação envolve oferta inicial de 450 milhões de ações ordinárias detidas pela Caixa Econômica e, dependendo da demanda, o número de papéis pode subir para 517,5 milhões.

O IPO (oferta inicial de ações) será precificado em 27 de abril e a Caixa Seguridade será listada sob o código CXSE3.

A oferta será coordenada por Morgan Stanley, Caixa Econômica, Bank of America, Credit Suisse, Itaú Unibanco e UBS-BB.

A Caixa Seguridade foi constituída em 21 de maio de 2015, como uma subsidiária integral da Caixa, com o objetivo de consolidar, sob uma única sociedade, todas as atividades da Caixa nos ramos de seguros, capitalização, previdência complementar aberta, consórcios, corretagem e atividades afins, incluindo quaisquer expansões futuras dessas atividades, no Brasil ou no exterior, orgânicas ou não, proporcionando ganhos de escala nessas atividades e em suas operações e obtendo reduções de custos e despesas no segmento de seguridade.

*Imagem em destaque: Reprodução/Caixa

content:
afterContent:
comments:
Widget: 61:
sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 58:
Widget: 59: