beforeContent_c1:
Widget: 53:
Widget: 37:
alta bolsa imagem destaque piqsels

Por que a Bolsa fechou em alta de 0,10% nesta quarta-feira

O Ibovespa teve mais um dia de forte volatilidade, operando do todo pregão entre altas e baixas e seguindo a mesma performance das bolsas norte-americanas. Pela manhã e à tarde, o Ibovespa chegou a ultrapassar os 118 mil, mas não sustentou até o fechamento. 

O principal índice da B3 encerrou os negócios em alta de 0,10% aos 117.623,58 pontos, o que representa alta de 0,11% em relação à ontem. O índice Dow Jones fechou em alta de 0,05% e Nasdaq em queda de 0,07%. 

A analista Simone Pasianotto, da Reag Investimentos, que disse o principal fator para o movimento de alta no Ibovespa foi o bom desempenho das ações das siderúrgicas e Petrobras. 

Os papéis da Vale (VALE3) subiram 2,45% CSN (CSNA3) aceleraram 1,83%. As ações da Petrobras (PETR3 e PETR4) tiveram alta de 0,46% e no final do pregão apresentou queda 0,08% respectivamente. O avanço das siderúrgicas foi atribuído ao ganho do minério de ferro no exterior.

Outro fator positivo foi a divulgação da ata do Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano), o Ibovespa engatou alta, mas não perdurou por muito tempo.

Para a analista, a leitura do mercado em relação à ata do Fed foi positiva. "A autoridade monetária indicou que o Banco Central está um pouco longe de atingir as metas e que é necessário repensar as políticas para a retomada da economia, no entanto sinalizou que é importante repensar a política", afirma.

Ela enfatizou que o movimento hoje da Bolsa seguiria a volatilidade até o fechamento, beirando a neutralidade. "O índice só mudaria se viesse alguma notícia em relação ao Orçamento", enfatiza. O mercado continua atento aos desdobramentos da peça orçamentária devido ao temor do risco fiscal. 

Segundo o analista José Costa Gonçalves, da Codepe Corretora, a boa noticia para o mercado foi que a IRB Brasil RE (IRBR3) comunicou que a Superintendência de Seguros Privados (Susep) terminou de fiscalizar a resseguradora. O IRB Brasil RE (IRBR3) teve alta expressiva de mais de 4% e fechou a 2,3%. "Apesar de um peso pequeno no Ibovespa, a notícia é muito favorável para o mercado interno", afirmou.

Outro ponto favorável foi o leilão de aeroportos, portos e ferrovias que começou nesta quarta-feira e vai até sexta feira (9). O leilão dos aeroportos realizado esta manhã se deu na Bolsa. Uma das empresas pertencentes ao grupo CCR venceu a disputa pelo bloco sul e central, oferecendo R$ 2,12 bilhões e R$ 754 milhões respectivamente. A Vinci Airports-empresa francesa- ofertou R$ 420 milhões pelo bloco norte e ganhou. "É um muito bom para o país porque demonstra interesses em bons negócios", ressaltou.

 

Soraia Budaibes / Agência CMA
Copyright 2021 - Grupo CMA
Imagem em destaque: Piqsels.com

content:
afterContent:
comments:
Widget: 61:
sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 58:
Widget: 59: