beforeContent_c1:
Widget: 37:
Economist charge Bolsonaro

The Economist detona Bolsonaro: ignorante e arrogante

A revista inglesa The Economist, considerada a publicação sobre economia mais influente do mundo, retratou o presidente Jair Bolsonaro como ignorante e arrogante em sua última edição.

Em charge publicada pela revista, caveiras que lembram a representação do coronavírus conversam: "Engana-se quem pensa que a resposta de Bolsonaro à pandemia no Brasil foi de um cabeça oca", enquanto uma terceira caveira enche a cabeça de Bolsonaro com "ignorância", "arrogância" e "teimosia". O desenho é assinado pelo cartunista Kevin Kallaugher, acontecido como KAL.

A revista considerada liberal já afirmou, em análise recente, que a má gestão do combate ao coronavírus no Brasil é uma ameaça ao mundo.

"Enquanto o distanciamento social for necessário, o presidente continuará sendo uma ameaça à saúde dos brasileiros", afirmou a publicação.

Em abril do ano passado, a publicação já havia avisado, em outro texto: "A forma imprudente do presidente do Brasil de lidar com a Covid-19 vai voltar para assombrá-lo".

Em 2016, a The Economist publicou um artigo pedindo a saída de Dilma Rousseff (PT) do governo brasileiro, por enxergar que essa seria uma chance de recomeço para o Brasil.Economist charge Bolsonaro

Imagem: reprodução The Economist

content:
afterContent:
comments:
Widget: 61:
sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: