beforeContent_c1:
Widget: 37:
bolsa imagem destaque piqsels

Por que a Bolsa fechou em alta de 0,21% nesta segunda-feira

O Ibovespa operou com muita volatilidade no primeiro pregão de maio, oscilando quase todo o dia entre altas e baixas, e no início da tarde chegou a tocar a mínima de 118.527,51 pontos. 

O principal índice da B3 fechou em ligeira alta de 0,21%, aos 119.209,48 pontos. A máxima do dia ficou em 119.903,87 pontos e o volume financeiro foi de R$ 30,9 bilhões com a melhora das ações ligadas a commodities. 

Os papéis da Usiminas (USIM5) tiveram melhora perto do encerramento e fecharam em queda de 3,20% 2,16. Já as ações da Vale (VALE3) retraíram 0,51% perda de 1,26% e Braskem (BRKM5) apontaram queda de 4,68%. 

A retração apontada nos negócios de hoje foi atribuída "à queda dos papéis das exportadoras- setor siderúrgico e alimentação- e da ação da Braskem (BRKM5), que tem importante peso no índice", comentou o analista José Costa Gonçalves, da Codepe Corretora. 

Para os analistas da Terra Investimentos "o Ibovespa passou a operar em queda puxado por empresas de commodities". 

Já a alta na Bolsa foi atrelada ao mercado externo e ao ganho do setor bancário, afirmou o economista Gustavo Bertotti, da Messem Investimentos. "Com a semana de balanços corporativos, estamos vendo algumas altas hoje e está ajudando o Ibovespa". Hoje, após o fechamento, o Itaú divulgará o resultado do balanço. Amanhã, é a vez do Bradesco. 

 

Soraia Budaibes / Agência CMA
Copyright 2021 - Grupo CMA
Imagem em destaque: Piqsels.com

content:
afterContent:
comments:
Widget: 61:
sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: