beforeContent_c1:
Widget: 37:
pazuello imagem destaque Valter Campanato/Agência Brasil

CPI da covid remarca depoimento de Pazuello para 19 de maio

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, que seria ouvido amanhã pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura erros e omissões do governo no combate à covid-19, será ouvido em 19 de maio depois de ter tido contato com pessoas contaminadas pela doença. 

Mais cedo, o presidente do colegiado, senador Omar Aziz (PSD-AM), disse ter sido informado extraoficialmente de que Pazuello teve contato com duas pessoas que estão com covid-19 e que estaria em isolamento por causa disso. 

"O que foi comunicado é que ministro Pazuello teve contato com dois oficiais que são assessores dele, oficiais contraíram coronavírus e ele estava preocupado em transmitir na sessão, e ficaria de quarentena", disse Aziz. "Não tem problema esperar 14 dias, mas será presencial. Só quero que seja comunicado pelo Comando do Exército", afirmou. 

Posteriormente, a informação foi comunicada via ofício à CPI e o grupo aprovou o adiamento da audiência de Pazuello para que ela ocorresse de forma presencial. A expectativa agora é de que amanhã, em vez de Pazuello, seja ouvido seu antecessor no ministério, Nelson Teich, pela CPI. 

 

Gustavo Nicoletta / Agência CMA (g.nicoletta@cma.com.br)
Copyright 2021 - Grupo CMA
Imagem em destaque: Valter Campanato/Agência Brasil

content:
afterContent:
comments:
Widget: 61:
sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: