weg imagem destaque wikimedia commons

Weg ampliará ganhos com maior pressão sobre margens, diz CS

O Credit Suisse mostrou visão positiva para os resultados trimestrais da Weg, que serão apresentados amanhã (28), devido à expectativa de que a companhia mantenha sua trajetória de crescimento observada nos últimos trimestres, com o desenvolvimento de equipamentos eletroeletrônicos industriais nos mercados local e externo beneficiados das fortes reservas divulgadas pela empresa no primeiro trimestre. 

"A companhia deve crescer constantemente em geração, transmissão e distribuição (GTD) como um negócio de ciclo longo, enquanto motores comerciais e de eletrodomésticos, tintas e vernizes devem ficar estáveis em base trimestral. Esperamos margens sequencialmente menores, com aumento dos custos dos produtos vendidos e nas receitas de geração eólica, que têm margens menores, o que deve afetar as margens do segundo trimestre", disseram os analistas, em relatório.

O banco estima que a companhia tenha receita líquida de R$ 5,1 bilhões, 1% acima do primeiro trimestre e 27% acima em relação ao mesmo intervalo de 2020, ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$962 milhões, 5% menor e 31% maior e lucro líquido de R$657 milhões, queda de 14% e 28% maior, ambos nas mesmas bases. 

 

Cynara Escobar / Agência CMA
Copyright 2021 - Grupo CMA
Imagem em destaque: Wikimedia Commons

Widget: 15:

Receba nosso boletim

Receba nosso boletim: