beforeContent_c1:
Widget: 37:
hering imagem destaque wikimedia commons

Hering teve trimestre fraco, mas apresenta sinais de recuperação

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!

A Hering registrou uma queda expressiva de 94,4% no lucro líquido do segundo trimestre deste ano, com R$ 7 milhões. 

Para os analistas do BTG Pactual, os números da empresa foram fracos com as operações afetadas pelo fechamento das lojas devido ao avanço do coronavírus em abril deste ano. 

"Conforme esperado, a Hering apresentou um conjunto de resultados fracos (embora em recuperação), ainda afetados por operações restritas em abril (em lojas e linhas de produção). As vendas em lojas próprias totalizaram R$ 68 milhões, queda de 15% em relação ao 2T19", disseram os analistas em relatório divulgado hoje.

O BTG ainda destaca que os números apresentados pela Hering sinalizam uma recuperação gradual das vendas aos níveis pré-pandemia, após uma perspectiva mais difícil no início do ano. 

Para Luis Sales, da Guide Investimentos, a Hering está melhorando a sua receita mês a mês, acompanhando a campanha de imunização nacional, que vem impulsionando a reabertura gradualmente. 

"A operação do ecommerce, apresentou um robusto crescimento quando comparado ao mesmo período do ano passado, e ainda maior em relação ao período em 2019, tornando-se cada vez mais importante para o resultado total da empresa, em números absolutos", disse. 

O analista também afirma que vê a companhia em um benéfico processo de provável ganho sinérgico, ao se unir ao Grupo Soma, o que a posiciona como uma empresa que deverá ter ganhos em eficiência operacional. 

 

Bruno Soares / Agência CMA
Copyright 2021 - Grupo CMA
Imagem em destaque: Wikimedia Commons

content:
afterContent:
comments:
Widget: 61:
sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: