beforeContent_c1:
Widget: 37:
real moeda piqsels destaque noticia

Equipe econômica tem "fortes restrições" a prorrogar auxílio emergencial

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!

A equipe econômica do governo tem "fortes restrições" a uma prorrogação do auxílio emergencial - que termina em outubro - como substituto da expansão do Bolsa Família e conversão do programa no Auxílio Brasil, afirmou o secretário do Tesouro, Jeferson Bittencourt, durante uma entrevista coletiva.

"A gente está num momento de transição, com porcentual elevado da população adulta sendo vacinado, economia em recuperação, e alguns segmentos da sociedade não estão conseguindo obter plenamente os resultados deste processo de recuperação", disse ele. "Precisa ter serenidade para tentar resolver os problemas estruturais da economia brasileira com soluções estruturais."

Ele disse que o período da pandemia de covid-19 - iniciado em março do ano passado - foi "extraordinário" e por isso teve um tratamento equivalente que incluiu a adoção do auxílio emergencial.

"[O auxílio emergencial] não é o mais adequado para solucionar questões de fundo da nossa economia. A gente entende a preocupação social, entende que haja desejo de que a recuperação se reflita de maneira mais uniforme sobre toda a sociedade, mas também tem que entender o que são períodos de exceção e problemas estruturais e tentar resolver as coisas com a ferramenta certa a cada momento", afirmou.

Bittencourt ressaltou também que seria difícil justificar a abertura de créditos extraordinários para financiar o programa até o final do ano. "As condições são urgência, relevância e imprevisibilidade. Os três precisam ser atendidos."

"É urgente, é relevante tratarmos da questão do desemprego? Sempre foi urgente, sempre foi relevante, independente de termos níveis elevados de desemprego. Mas não basta ser urgente e relevante, precisa ser imprevisível. Temos orçamento em tramitação. A imprevisibilidade se caracteriza na possibilidade de incluir ou não na peça orçamentária determinado crédito, por isso essa característica. Em síntese, desemprego e pobreza é urgente e relevante que enfrentemos? Sim. É imprevisível? Não."

Gustavo Nicoletta / Agência CMA (g.nicoletta@cma.com.br)
Copyright 2021 - Grupo CMA
Imagem: Piqsels.com


content:
afterContent:
sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: