beforeContent_c1:
Widget: 37:
moeda real destaque noticia

Puxada por energia e gasolina, inflação é a maior desde 1994

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!

Desde 1994 o Brasileiro não sofria tanto com a inflação. O IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que mede a inflação oficial do país, avançou 1,16% em setembro, em comparação com agosto, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (8/10).

Desde 1994 não havia um mês de setembro com tamanho avanço nos preços. Naquele ano, a inflação do mês foi de 1,5%.

Em 2021, o indicador acumula altas de 6,90%. Nos últimos 12 meses, já são 10,5% de alta nos preços. Isso fica acima do registrado nos 12 meses imediatamente anteriores (9,68%).

O resultado ficou bastante acima do centro da meta inflacionária estabelecida pelo Banco Central (BC) de 3,75% para 2021 - sendo que a meta tem margem de tolerância de 1,5 ponto percentual, para mais ou para menos.

Em setembro, o maior impacto no IPCA veio de energia elétrica, com alta de 6,37%, seguida pela gasolina, com alta de 2,32% no período.

Imagem: Piqsels

content:
afterContent:
comments:
Widget: 61:
sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: