beforeContent_c1:
Widget: 37:
Investimento Piqsels

Conheça 5 investimentos para fazer com menos de R$ 100

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!

Ingressar no mercado financeiro ainda parece assustador para algumas pessoas. É uma preocupação aceitável, já que envolve “arriscar” dinheiro.

A poupança, normalmente vista como um local seguro para guardar reservas financeiras, teve o pior ano desde 1991. Nos últimos 12 meses, a rentabilidade da caderneta caiu 7,46%, quando levamos em conta a inflação do período.

Basta conhecer um pouco mais do mercado financeiro para entender que há diferentes graus de risco e que algumas opções podem ser tão seguras quanto a poupança, mas rendendo mais.

Antes de tomar a decisão de colocar o seu dinheiro em um ou outro produto financeiro, é preciso entender como ele se adequa aos seus planos e às suas possibilidades.

Abaixo, o Monitor do Mercado selecionou cinco investimentos que podem ser feitos por menos de R$ 100 para quem quer começar a aplicar no mercado financeiro.

5 investimentos que podem ser feitos com menos de R$ 100:

1) CDB de liquidez diária (imediata) – O CDB (Certificados de Depósitos Bancários) é um título de renda fixa que pode ser feito resgate diariamente sem que haja prejuízo na rentabilidade. Com esse ativo, você empresta o dinheiro para alguma instituição financeira em troca de um rendimento garantido por ela. Há ofertas de CDBs que rendem até 200% do CDI (taxa de juros).

2) Tesouro Selic- São títulos do Tesouro com rendimento atrelado à taxa básica de juros do Brasil, a Selic. Como têm liquidez diária, podem ser sacados a qualquer momento, sem penalidades.

3) ETFs – Os ETFs (Exchange Traded Funds), os fundos de índices, são papéis negociados em Bolsa que representam um conjunto de ações. O BOVA11, por exemplo, é um ETF que replica o conjunto de ações do Ibovespa, principal indicador do mercado brasileiro.

Através dele, seus investimentos acompanham as variações da Bolsa brasileira.

4) Tesouro IPCA – É um título público que tem sua rentabilidade vinculada ao principal indicador de inflação no Brasil (o IPCA). Em momentos de alta inflação, como agora, é uma opção para proteger seus investimentos de serem "comidos" pela inflação. É importante saber que esse dinheiro deverá ser retirado somente na data do vencimento.

5) Tesouro Prefixado – É um título de renda fixa com taxas determinadas no ato da contratação. Ou seja, quando emprestar o dinheiro ao governo, é possível saber exatamente quando irá receber na data do vencimento do título, que será devolvido com juros. Também considerado um dos investimentos mais seguros.

Imagem: Piqsels.com

content:
afterContent:
comments:
Widget: 61:
sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: