beforeContent_c1:
Widget: 37:
Fronteira México e EUA Flickr

Presidente do México diz que fronteira com EUA será aberta em novembro

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, anunciou que a partir de novembro a fronteira norte do país com os Estados Unidos será aberta para reativar as atividades comerciais e econômicas. No entanto, apenas as pessoas vacinadas contra a covid-19 poderão viajar por via terrestre e aérea.

"Teremos normalidade em nossa fronteira norte a partir de 1 de novembro e como complemento, porque isso tem a ver com os passos que o México deu ao  governo dos Estados Unidos para conseguir a abertura da fronteira", disse ele durante sua tradicional coletiva de imprensa, destacando que a vacinação em  municípios fronteiriços facilitou o acordo.

"A base da mobilidade global será a vacinação. Todas as vacinas aprovadas pela Organização Mundial da Saúde, os Estados Unidos vão aceitar", disse o secretário de Relações Exteriores (SRE), Marcelo Ebrard Casaubon, que também participou da coletiva.

Além disso, o chanceler anunciou que a reabertura da fronteira coincidirá com o diálogo econômico de alto nível, no início de novembro, com o objetivo de acelerar a atividade econômica na região norte do México.

Em 45 municípios fronteiriços de Baja California, Sonora, Chihuahua, Coahuila, Nuevo León e Tamaulipas, mais de 3,7 milhões de doses de vacinas contra covid-19 foram aplicadas, segundo a secretária de Segurança e Proteção ao Cidadão, Rosa Icela Rodríguez.

Desde então, na Baja Califórnia, explicou ela, mais de 1,2 milhão de habitantes dos seis municípios fronteiriços receberam a dose única da vacina Janssen. Atualmente, 75% da população mexicana com mais de 18 anos tem o esquema completo ou pelo menos a primeira dose.

Rafaela Aguiar / Agência CMA Latam
Tradução: Carolina Gama
Copyright 2021 - Grupo CMA
Imagem: Flickr

content:
afterContent:
sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: