beforeContent_c1:
Widget: 37:
bolsa europa covid queda

Bolsas na Europa fecham em queda de 1% com restrições por Covid-19

Invista agora, com o Monitor Investimentos. Clique aqui e saiba mais!

Os principais índices do mercado de ações europeu fecharam em queda de mais de 1%, na medida em que as infecções de covid-19 continuam a aumentar na região e a Alemanha considera implementar um confinamento parcial para conter o avanço de casos.

A chanceler alemã Angela Merkel disse a dirigentes do seu partido que a situação da pandemia na Alemanha estava "muito dramática" e que o pico de casos mais recente foi "pior do que qualquer coisa que já tínhamos visto". Há relatos de que Merkel pediu o aumento das restrições.

"O medo dos danos causados pela covid-19 continua pressionando a Europa após novas declarações alemãs que não descartam o confinamento", de acordo com o analista do Serenity Markets, José Luis Cárpatos.

"Alguns dados bons dos índices dos gerentes de compras (PMIs, na sigla em inglês) não foram levados em consideração, ainda mais quando vemos que os itens de preço dispararam. Neste momento, a inflação é o grande medo das operadoras", acrescentou ele.

O PMI sobre a atividade industrial da zona do euro subiu para 58,6 pontos emnovembro, de 58,3 pontos de outubro. Apesar do avanço, o setor industrial continua prejudicado por atrasos no fornecimento, custos crescentes e preocupações renovadas de covid-19.

Confira abaixo a variação e a pontuação dos índices europeus no fechamento:

FTSE-100 (Londres): +0,15%, 7.266,69 pontos
DAX-30 (Frankfurt): -1,06%, 15.964,30 pontos
CAC-40 (Paris): -0,92%, 7.072,67 pontos
FTSE MIB (Milão): -1,62%, 26.939,4 pontos
IBEX-35 (Madri): -0,05%, 8.831,80 pontos
SMI-20 (Zurique): -1,18%, 12.363,40 pontos
PSI-20 (Lisboa): -0,40%, 5,497.53 pontos

Cristiana Euclydes / Agência CMA
Copyright 2021 - Grupo CMA
Imagem: pexels.com

content:
afterContent:
sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: