pessoas andando rua de máscara

Pelo menos 23 países confirmaram casos de Ômicron, diz OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que ao menos 23 países reportaram casos da variante de coronavírus Ômicron, enquanto os especialistas estudam como a nova cepa afetará a transmissão, gravidade da doença e a eficácia de vacinas.

"Pelo menos 23 países de cinco das seis regiões da OMS já relataram casos de Ômicron e esperamos que este número cresça", disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em coletiva de imprensa ontem. "A OMS leva esse acontecimento muito a sério, e todos os países deveriam fazer o mesmo".

Segundo ele, a propagação da variante não deve surpreender. "Isso é o que os vírus fazem. E é o que este vírus continuará a fazer, enquanto permitirmos que continue a se espalhar".

Ghebreyesus destacou que informações sobre a Ômicron chegam a todo momento, e ainda há mais para aprender sobre seu efeito na transmissão, gravidade da doença e a eficácia dos testes, tratamentos e vacinas. Ele disse ainda que vários grupos consultivos da OMS se reuniram nos últimos dias para avaliar as evidências e priorizar estudos para responder a essas perguntas.

"A OMS continua a apelar a todos os países para otimizar as medidas sociais e de saúde pública e garantir que os indivíduos de alto risco e vulneráveis em todos os países sejam totalmente vacinados imediatamente", acrescentou o diteor-geral da OMS.

Larissa Bernardes / Agência CMA
Edição: Cristiana Euclydes
Copyright 2021 - Grupo CMA
Imagem: unsplash.com

Widget: 15:

Receba nosso boletim

Receba nosso boletim: