magazine luiza divulgação flickr

Magalu nega relação da queda das ações com informação privilegiada

A Magazine Luiza (MGLU3) garantiu, nesta segunda-feira (13/12), que a recente queda de suas ações não tem qualquer relação com informações privilegiadas..

Em comunicado ao mercado, a empresa diz que “desconhece qualquer ato ou fato relevante que não tenha sido divulgado pela Companhia ao mercado e que justifique tais movimentos do mercado de ações”.

As ações da companhia tiveram uma queda de 15,74% desde o pregão de quarta-feira (8/12), tendo chegado a cair 20,11%.

Também na quarta-feira (8/12) os bancos de investimento XP e BTG cortaram o preço-alvo dos papéis da companhia. Veja mais.

O Magalu acredita que as quedas podem estar relacionadas a divulgação de notícias sobre o setor varejista.

A empresa, que no mês passado chegou a ter seus papéis cotados em R$ 13,65, fechou o pregão de sexta-feira (10/12) a R$ 6,37.

Imagem: divulgação / flickr.com

Widget: 15:

Receba nosso boletim

Receba nosso boletim: