beforeContent_c1:
Widget: 37:

Petrobras atinge metas de produção de óleo, gás e LGN

A Petrobras atingiu suas metas de produção estabelecidas para o ano de 2021 com a realização de 2,22 milhões de barris por dia (MMbpd) de óleo e líquido de gás natural (LGN), que ficou 4% acima dos 2,21 MMbpd propostos, 2,46 milhões de barris de óleo
equivalente por dia (MMboed) de óleo, LGN e gás comercial (+4% de 2,43 MMboed)
e 2,77 MMboed de óleo e gás total (+4% da meta de 2,72 MMboed).

Em fato relevante, a companhia citou como destaques do ano passado:
-o início de produção do FPSO Carioca, primeira plataforma no campo de Sépia, no pré-sal da Bacia de Santos
- a produção própria no pré-sal, que totalizou 1,95 MMboed em 2021, representando 70% da produção total da Petrobras
- a assinatura e início da vigência do acordo de coparticipação do campo de Búzios, que regula a coexistência do Contrato de Cessão Onerosa e do Contrato de Partilha de Produção do Excedente da Cessão Onerosa para o campo
- a conclusão da venda da totalidade de sua participação nos campos marítimos de Frade, na Bacia de Campos, e Lapa, no pré-sal da Bacia de Santos, dos Polos terrestres Rio Ventura, Miranga e Remanso, na Estado da Bahia, e Cricaré, no Estado do Espírito Santo, além dos campos terrestres de Dó-Ré-Mi eRabo Branco, no Estado de Sergipe.

"O alcance desse resultado demonstra o compromisso da Petrobras com o cumprimento das suas metas que vêm sendo alcançadas com a manutenção do foco
de atuação nas suas atividades em ativos em águas profundas e ultraprofundas, onde tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos, produzindo óleo de melhor qualidade e com menores emissões de gases de efeito estufa", disse a companhia.

Cynara Escobar / Agência CMA
Copyright 2022 - Grupo CMA
Imagem: Divulgação

content:
afterContent:
sidebar:
Widget: 24:
Widget: 39:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: