Mesmo com quedas recentes, quem apostou em Bitcoin na pandemia venceu o mercado

Dólar, Ibovespa, Ouro ou ativos atrelados à inflação? Nada disso, quem saiu por cima do colapso do mercado financeiro em 2020 foi quem apostou em Bitcoin.

Enquanto a moeda americana acumula uma alta de 7,25% de janeiro de 2020 para cá, e o Ibovespa, perdas de 6,68%, o Bitcoin decolou quase 290% no mesmo período. Nem mesmo a inflação galopante chegou perto disso, atingindo cerca de 20% no período.

Quem quis apostar no ouro - ativos considerado de maior segurança - também saiu perdendo. A desvalorização do GOLD11 foi de 5,23%.

Mesmo com as recentes quedas no preço do bitcoin, após atingir seu pico em 12 de novembro de 2021, a desvalorização de 56% não impediu os ganhos de quem entrou no negócio em 2020.

Durante a pandemia, o ativo teve altas crescentes e decolou em 2021, encontrando máximas ainda não vistas dentro do setor.

Já o Ibovespa, que chegou a cair mais de 40% em um mês, tendo diversas interrupções de negociação (circuit break) na Bolsa, entrou em recuperação ainda em dezembro de 2020, mas acabou retomando a baixa com as atualizações da Covid-19 na China que preocupam o mercado de commodities.

Imagem: piqsels.com

 

Widget: 15:

Receba nosso boletim

Receba nosso boletim: