Dólar fecha em forte queda, impactado por fluxo estrangeiro e Fed

O dólar comercial fechou em queda de 1,61%, cotado a R$ 5,0580. A moeda refletiu o retorno do intenso fluxo estrangeiro na bolsa brasileira, além do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) descartar aumentos superiores a 0,5% nas duas próximas reuniões, em junho e agosto.

Para o sócio fundador da Pronto! Invest, Vanei Nagem, "houve uma pequena saída de capital nos últimos dias, mas o fluxo intenso na bolsa está voltando. Continuamos tendo ações e juros atrativos".

Nagem considerou a sinalização do Fed inteligente: "Eles estão com medo de ser muito agressivos e frear o mercado", opina.

Rafael Becker, Especialista de Câmbio da Wise / Boreal, contou que o real "teve a melhor durante a demanda os investidores aproveitaram as "prechinchas após as falas de Jerome Powell (presidente do FED), de que o banco central americano deve ser menos duro no ciclo de alta dos juros".

Paulo Holland / Agência CMA
Imagem: unsplash.com
Copyright 2022 - Grupo CMA

Widget: 15:

Receba nosso boletim

Receba nosso boletim: