beforeContent_c1:

Mundo cripto

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo das criptomoedas, por Iago Orben e Rodrigo Panuzzio.

Crise do token Luna traz lição para mercado de cripto

Em semana de muita volatidade o bitcoin atingiu a cotação máxima de US$ 34.210 e a miníma de US$ 26.350 encerrando a semana com uma desvalorização de 8%.

 

Cotação do Bitcoin entre 09/05 e 15/05:

Durante essa semana uma forte volatilidade foi enfrentada, levando o bitcoin para preços que não eram atingidos desde setembro de 2021, fazendo o mercado como um todo desabar. A volatilidade e a queda nos preços das criptomoedas foram a níveis de um inverno cripto, e muitos investidores que entraram recentemente no mercado amargaram enormes perdas, principalmente quando falamos das altcoins. Para o BTC uma boa janela de exposição pode estar se abrindo, visto que os fundamentos para os ativos nunca estiverão tão fortes, e o número de aportes de investidores institucionais não para de aumentar. Porém o investidor deve ter cautela e realizar aportes ao longo dessa janela, e não gastar todo o caixa de uma única vez, pois, ainda não temos sinais de que a volatilidade já passou, pelo contrario, provavelmente ainda enfrentaremos perídos de grande turbulência nos próximos meses.

 

O ethereum atingiu a cotação máxima de US$ 2.527 e a miníma de US$ 1.748 acumulando uma desvalorização de 15%.

 

Cotação do Ethereum entre 09/05 e 15/05:

Devido a grande correlação que as altcoins possuem com o BTC, o ethereum acabou sofrendo bastante nessa grande correção do mercado, porém isso não afeta a tese por traz do ethereum, e assim como no bitcoin, uma excelente janela pode estar surgindo para aqueles que pretendem investir no ativo pensando no longo prazo.

 

 

UST perde paridade com dólar e Luna derrete causando perdas bilionárias

 

A stablecoin algorítmica UST perdeu sua paridade com o dólar chegando a atingir cotações de US$ 0,13 o que causou grande pânico no mercado e grandes perdas. A perda da paridade com o dólar fez os investidores perderem sua confiança no protocolo Luna que resultou em uma desvalorização de 99,99% na última semana, ou seja, o token foi a zero.

O que permitiu a perda da paridade com o dólar e essa desvalorização tão forte e abrupta foi o modelo de funcionamento do algorítimo do protocolo, que funcionava da seguinte forma: Como uma stablecoin algorítmica não possuí lastro, a paridade com o dólar é controlada por um algorítimo que regula a oferta e a demanda do token, no caso do protocolo Terra, o usuário poderia emitir novos USTs queimando seus tokens Luna, dessa forma para cada dólar queimado em Luna a pessoa recebia um token UST, e quando se era trocado UST por Luna, esses USTs eram queimados e novos tokens Lunas emitidos. Porém a demanda pelos tokens Luna e UST eram artificiais, pois, toda demanda por UST era gerada pelas altas taxas do protocolo Anchor, que pagava um APY de aproximadamente 20% no staking de UST, uma taxa totalmente irreal e insustentável no longo prazo, e quando o mercado de criptoativos corrigiu com mais força o algorítimo não foi capaz de controlar a paridade devido o grande número de saques de UST e a grande emissão de token Luna fazendo com que tanto o UST perdesse a paridade, quanto Luna desvalorizasse com grande força gerando mais pânico, e com isso mais saques de UST, e mais desvalorização dos tokens Luna, fazendo com que esse processo se repetisse até o token ir a zero.

 

Uma lição que podemos tirar desse evento é que stablecoins algorítmicas não funcionam da forma como estão desenhadas no papel, e trazem um grande risco não só para protocolo que criou ela, mas sim para todo o ecossistema de criptoativos. Outro ponto que vale a pena ser observado é o fato de que protocolos que atraem a atenção dos investidores, seja pelo hype da comunidade e nas redes sociais, ou por incentivos de curto prazo que não são sustentáveis, estão fadados ao fracasso, por isso sempre tome muito cuidado, e fique de fora de projetos que não tenham uma utilidade real, e possíveis aplicações que serão muito demandadas no longo prazo, uma frase que escutei e serve para esse momento é a seguinte: “Não importa quão boa seja a festa no Titanic, eu prefiro ficar de fora.”

afterContent:
comments:
Widget: 62: