beforeContent_c1:

Primeiros Passos

Descomplicando o mundo dos investimentos, para melhorar sua educação financeira

Ordinárias ou Preferenciais? Entenda os diferentes tipos de ações

Para investir na Petrobras, é melhor comprar ações PETR3 ou PETR4? Por que os papéis da Oi têm o código OIBR3?

Entenda o que significam esses números nos códigos de negociação (ou tickers) e saiba por que você deveria ligar para isso. 

As empresas listadas na B3, a Bolsa de Valores brasileira, oferecem, em sua maioria, dois tipos de ações: as preferenciais (cuja sigla é PN) e as ordinárias (cuja sigla é ON). 

grafico destaque blog piqsels
Piqsels.com

Ações são “pedaços” do capital social de uma empresa. Basicamente, quando uma organização tem o capital aberto, o patrimônio é dividido em milhões de pedaços, por exemplo: o capital social da Petrobras é composto por mais de 13 bilhões de ações. Da Vale, por 5,2 bilhões de papéis.

As diferenças entre as ações preferenciais e ordinárias, além do valor das ações, são: direito a voto em assembleias de acionistas, liquidez (facilidade de comprar e vender o papel no mercado) e pagamentos de dividendos (percentual do lucro pago aos acionistas). 

Ações preferenciais (PN)

Como o nome sugere, as ações preferenciais têm prioridade na distribuição dos lucros da empresa, chamados de dividendos. Além disso, o detentor destas ações também têm preferência no reembolso do capital investido caso a empresa feche (por falência ou qualquer outro motivo). 

Por conta dessas prioridades, o preço da ação PN costuma ser mais alto que o da ação ordinária, mas isso não é regra e pode ser afetado por outros fatores. 

Normalmente, a ação preferencial tem mais liquidez, ou seja, é mais fácil de ser comprada e vendida, por ser mais negociada, mas isso também não é uma regra. 

As ações preferenciais trazem os números 4 no fim de seus tickers, como ITUB4 (Itaú Unibanco), BBDC4 (Banco Bradesco) e GGBR4 (Gerdau). 

Algumas empresas distribuem ainda classes especiais de ações preferenciais, com características específicas. São quatro classes de ações preferenciais: A (PNA); B (PNB); C (PNC); e D (PND). Elas são identificadas pelos números 5 (como USIM5, da Usiminas); 6 (como ELET6, da Eletrobras); 7; e 8, respectivamente. Os dois últimos são raros na Bolsa. 

Ações ordinárias (ON)

Ao contrário das ações preferenciais, as ações ordinárias dão ao acionista poder de decisão sobre os rumos da companhia, pois dão direito a voto nas assembleias. 

Os chamados “ordinaristas” podem votar para aprovar ou rejeitar a construção de uma nova fábrica, por exemplo, mas acionistas individuais e pequenos não costumam ter influência nas decisões, já que o volume de ações nas suas mãos tende a ser pequeno, em relação a grandes grupos. 

Até por isso, é comum ver grandes detentores de ações ordinárias são empresas, bancos ou fundos de investimento, que têm interesse em ditar os rumos da companhia investida visando sua valorização no futuro. 

As ações ordinárias têm o número 3 em seus códigos de negociação, como ALPA3 (Alpargatas); B3SA3 (B3); e VVAR3 (Via Varejo). 

E os outros números?

Essas são as ações mais comuns, mas você vai encontrar muitos outros números nos tickers da Bolsa. 

Mas é preciso atenção redobrada ao ver um papel com final 11, já que este número serve para indicar três coisas: 

  • Units, que são pacotes de ações preferenciais e ordinárias negociadas em conjunto, como BPAC11 (do banco BTG Pactual) e SULA11 (da Sul América).
  • BDRs, sigla para Brazilian Depositary Receipts (certificados de depósito de valores mobiliários). Há diferentes tipos de BDR, mas a base é uma só: trata-se de um papel emitido no Brasil que representa outro, de uma empresa no exterior. Sua variação reflete a da ação principal da empresa. Além do final 11, também podem terminar com 32, 33, 34 e 35, como AAPL34 (Apple); GOOGL35 (Alphabet, dona do Google); e NFLX34 (Netflix).

  • ETFs (fundos de investimento com cotas negociadas na Bolsa), como BOVA11 (que replica a carteira do Ibovespa); IVVB11 (que replica o índice S&P 500); e DIVO11 (que faz uma carteira de empresas boas pagadoras de dividendos, reunidas no índice IDIV).
Os principais códigos da Bolsa
Código Tipo de ação
3 Ação Ordinária (ON)
4 Ação Preferencial (PN)
5 Ação Preferencial Classe A (PNA)
6 Ação Preferencial Classe B (PNB)
7 Ação Preferencial Classe C (PNC)
8 Ação Preferencial Classe D (PND)
11 BDR, Unit e ETF
34 BDR
35 BDR
36 BDR
afterContent:
comments:
Widget: 62: