beforeContent_c1:
Widget: 37:

Vale vai pagar R$ 124 milhões a investidores nos EUA

A Vale fechou um acordo para pagar US$ 25 milhões (R$ 124 milhões) a investidores que processaram a companhia nos Estados Unidos, acusando-a de esconder informações sobre a barragem em Mariana, que se rompeu em 2015, causando uma tragédia na região.

Mar de lama se formou na região de
Mariana (MG) após romimento da barragem.
Wikimedia Commons

A Vale era sócia da Samarco, mineradora responsável pela barragem de rejeitos, junto com a BHP.

Os investidores acusam a empresa de ocultar informações sobre políticas de riscos e procedimentos de segurança. Essa falta de transparência teria impedido que eles avaliassem o tamanho do prejuízo que o desastre traria.

O rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), é considerado o desastre industrial que causou o maior impacto ambiental da história brasileira e o maior do mundo envolvendo barragens de rejeitos

De acordo com comunicado divulgado pela Vale, uma vez que o acordo foi aceito, o Tribunal do Distrito Sul de Nova York ainda vai publicar a sentença e determinar o encerramento do caso, “que não poderá ser objeto de recursos”.

Abalo financeiro
No ano do desastre, a Vale registrou prejuízo líquido de R$ 45 bilhões. No ano seguinte, em 2016, já voltou a lucrar (R$ 13 bilhões) e, em 2018, atingiu lucro líquido de R$ 25 bilhões. Ao fim de 2019, no entanto, teve novo prejuízo, de R$ 8,7 bilhões.

content:
afterContent:
comments:
Widget: 61:
sidebar:
Widget: 24:

VALE3 - ON - Vale

CNPJ: 33.592.510/0001-54
  • Preço: R$ 115,30
  • Vari.mês: 1,55%
  • Preço médio: R$ 113,78
Widget: 39:
Widget: 38:
Widget: 15:

Receba nosso boletim

Widget: 104: